O que eu aprendi com o inesperado

Desde pequena ouvia meu pai dizer que o importante era ter estabilidade profissional, fazer carreira na mesma empresa, ter carteira assinada e se aposentar com tranquilidade. O lado pessoal acompanhava neste ritmo, pois nunca mudávamos de residência já que a casa era própria, os aniversários eram lá e viajávamos sempre para o mesmo lugar. Tudo…