Desenvolvimento Humano

& Espiritualidade

Conversas que
transformam

Cursos
Presenciais

Psicologia
Junguiana

Escrita
Empática

Keila Caiani Terapeuta

Quem é Keila Caiani?

Que profundo, não é mesmo? Me vejo apaixonada por natureza, por uma boa conversa e com os animais. Experimento estar entre estes três elementos para carregar a minha energia.
Vivi anos no mundo corporativo tentando me adequar a algo que não fazia sentido na minha jornada. Por formação sou publicitária e me especializei em Comunicação Empresarial, mas pela vida toda eu estudo o autoconhecimento.
O curioso é que antes de passar em publicidade eu passei em psicologia e não cursei, o que olhando hoje foi positivo, pois naquela época não teria a maturidade necessária para lidar com determinados conteúdos do nosso consciente e inconsciente.

Mas tudo tem seu tempo e na especialização em Psicologia Analítica que eu me conectei ao meu propósito de vida.

É neste lugar que eu te encontro e te convido a conhecer meu trabalho.

Empatia

Cursos personalizados

Atendimento individual

Escuta ativa

Flexibilidade nos horários

Presencial ou Virtual

Pilares

Conversas que Transformam

Fazer terapia sempre foi fundamental no meu caminho, desde muito nova eu entendia que era importante me conhecer para reconhecer em mim aquilo que me necessitava de mudança, que me estacionava na vida ou para identificar e agir de forma empática comigo e com o outro também.

Eu digo que muito antes de ser terapeuta eu já tinha um olhar mais compreensivo, por isso a faculdade de psicologia tinha sido uma opção quando prestei vestibular, mas foi no meu processo de autoconhecimento em terapia que confirmei esta percepção e aprofundei meus conhecimentos em psicologia positiva e posteriormente na psicologia analítica.

Sem deixar a escrita de lado!
Um grande amor meu é a escrita, através da palavra que conseguimos nos ouvir e processar o que está acontecendo com a gente, por isso o nome do processo terapêutico ser Conversas que Transformam, pois a palavra tem poderes curativos!

É através da palavra que conseguimos nos ouvir e processar o que está acontecendo com a gente e o objetivo desta técnica é levar quem participa para seu próprio caminho do autoconhecimento e identificar onde está e para onde pretende ir, aumentando a percepção de si e de suas ações em relação ao mundo.

Quando paramos para analisar sobre nossos talentos e habilidades permitimos potencializar aquilo que temos de melhor e compreender mais nossas áreas de sombras transformando o modo de olhar nossos desafios e realizações.

É com esse “mix” de técnicas e ferramentas que o processo terapêutico Conversas que Transformam se torna um facilitador em tomadas de decisão e autoconhecimento.

Vamos conversar?

Cursos livres presenciais ou online

Por acreditar que grandes transformações surgem em pequenos passos, de dentro para fora, as abordagens dos cursos oferecidos pelo MTD focam em autoconhecimento, autocuidado e no autoamor, mas variam no recorte do tema de acordo com a necessidade da sua empresa ou grupo.

Cursos disponíveis no momento:

-> Autoamor em 4 passos, é uma oficina que traz aos participantes um novo olhar sobre si mesmo com questões simples, porém essenciais para termos um bom relacionamento com nós mesmos. São 4 encontros às sextas-feiras das 19 às 20h.

-> Autonomia nos Relacionamentos, a proposta deste curso é ampliar nossos horizontes para nos entregarmos a este processo tão rico e valioso que é a arte de se amar para ser amado, pois o autoamor cria condição para o amor do outro.

-> Oficina do Autoconhecimento, é uma oportunidade para experimentar novas formas de enxergar o mundo e principalmente a si mesmo. Oficina do eu é um curso em parceria com a Paula Machado, da Look2You. Neste curso falamos sobre imagem e Essência e deste modo fortalecer a autoconfiança, segurança e autoestima.

Psicologia Junguiana

Jung, psiquiatra e psicólogo sueco, foi um grande estudioso que conseguiu unir  ferramentas e instrumentos de auxílio para o autoconhecimento que até então não eram colocados em questão. Considerava que, para cuidar de uma alma humana, era preciso de empatia.

Só conseguimos contribuir no processo de autoconhecimento de alguém se soubermos lidar primeiramente com as nossas sombras, ou em outras palavras, nossos fantasminhas mentais.

Ele não queria que seu método de análise fosse seguido, mas sim adaptado para que o analista junguiano tivesse sua própria autonomia.

“… Posso apenas esperar e desejar que ninguém se torne ‘junguiano’… Eu não proclamo qualquer doutrina predeterminada, e abomino os ‘partidários cegos’. Deixo todas as pessoas livres para lidar com os fatos à sua própria maneira, pois também reclamo essa liberdade para mim” Carl Gustav Jung.

É deste modo que os atendimentos acontecem, através do estudo embasado em Jung, porém, adaptado para o momento atual de cada cliente.

Escrita Empática

A escrita é a minha aliada de todos os momentos e os textos que você acompanha no Blog são anos de manifestações reflexivas sob o meu olhar para a vida. A escrita é democrática e não faz diferença entre leitor e escritor, ao contrário, aproxima os dois de forma a se sentirem confortáveis em seus lugares. Existe uma sintonia e conexão de quem escreve e quem lê, promovendo assim a empatia e, portanto, escrita empática.

Publicações & Blog

O que falam sobre o 'Motivação todo dia'

Contato

Enviar