A graça da coisa toda

Eu vejo a vida como uma gangorra, porém num formato diferente. Com vários lados. Visualizo como um círculo bem grande e cheio de pessoas. Todas estão em algum movimento dela: mais para cima, no meio ou para baixo… Tem gente conhecida, amigos próximos e desconhecidos. Alguns me olham quando eu estou lá em cima, no…