Fazer já!

E se, a partir de agora, fizéssemos diferente? O que não faríamos mais? Como estaríamos agindo? De tempos em tempos, é necessário nos questionarmos, mas não perguntando “por que” e sim com o sentido de entendermos “para que”, pois o que nos importa é o que iremos fazer daqui para frente e não o passado.…