Eu! Ou você?

Há 36 anos eu coloquei tudo na frente: coloquei os interesses das outras pessoas na frente dos meus, coloquei a felicidade dos outros na frente da minha. E se você me perguntar se isso me fazia bem, a resposta é bem simples: sim. Sim, isso me fazia bem. E como me fazia bem! Já deixei […]

Ajuda que faz bem

Pela manhã de ontem encontrei, ainda no elevador, uma vizinha que me lembrou uma história que vivemos juntos. No verão deste ano, a encontrei no hall do prédio. Já havíamos nos visto outras vezes, mas sem muita interação. Ela sempre chegava com uma feição de preocupada, traduzia poucos amigos. Naquele dia, era diferente. Além do […]

O outro: meu espelho

Antigamente eu costumava pensar que aprender com o outro envolvia o método tradicional: parar e ouvir. Numa aula tradicional, por exemplo, anotar o discurso do professor é tomar para si o conhecimento e tê-lo mais próximo, quando não internalizado, ao menos naquela anotação. Com o tempo esse entendimento mudou… passei a aprender com o exemplo. Mais do que o […]

Em tempos de crise, que se perdoem as dívidas!

Já parou para pensar porque as pessoas “devem”? Consigo elencar três condições: (1) elas não tem como pagar, (2) elas não querem pagar ou (3) elas não sabem que estão devendo. Quando uma dívida é gerada, junto com ela vem as cobranças e os juros, certo? E as vezes parece impossível pagar algo que cresce […]

O melhor do meu dia

Todos os dias, eu busco meus filhos na escola. E faço isso a pé. Acho que caminhar pelas ruas é a melhor maneira de perceber a cidade, a vida enfim. Você sente o frio, o calor, os cheiros, a chuva bater na pele, ouve os barulhos da cidade (se não estivercom fone de ouvidos, claro). E, no […]