O respiro necessário

Como muitos sabem meu trabalho é com a escrita. Embora eu faça vídeos no canal do YouTube (http://bit.ly/youtubemtd) do MTD, meu foco é acessar as pessoas através do texto. Porém, em alguns dias faltam ideias e fico pensando: sobre o que falar? Será que eu ainda tenho conteúdo que possa auxiliar? Inspirar? Tocar? Transformar?

E no final acaba aparecendo algo.

Hoje é um destes dias que não vieram muitas ideias para serem faladas, e ai eu resolvi escrever exatamente sobre isto.

Quando não flui não adianta forçar a mente. Querer que a gente produza aquilo que de fato não iremos produzir, porque existe uma série de motivos para isto que seria difícil eu dizer todas, mas pode ser de uma noite mal dormida até alguma situação mais delicada de vida que estamos passando. E isto interfere na nossa produção, em nossa criatividade.

Se acontece isto com você também, e eu acredito que sim, não insista, trabalhe em “slow motion”, ou seja, em câmera lenta. Tentar atropelar as coisas em dias assim é como tomar banho com capa de chuva, algo vai sair errado, a energia vai ficar bloqueada e muitas vezes podemos tomar atitudes impensadas.

Mas para que isto aconteça é necessário que a gente se conheça muito bem e perceba que naquele determinado dia não vai ter como fazer mais do que aquilo. E sendo assim, menos cobrança com a gente.

O mundo não vai parar se não estivermos 100%.

 

Avisa quem que precisar que o dia está mais lento para você e se permita fazer tudo com mais calma.

A alma, para processar melhor, precisa de respiro, descanso e respeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website