O poder da convivência

Entre dar bom dia no elevador ou na garagem a sentar e bater um papo na churrasqueira do prédio, na piscina ou no supermercado. Não importa. A convivência pode ser um dos mais fortes aliados para a prática da empatia.

Para quem não conhece o termo, a palavra “empatia” vem do Grego EMPATHEIA, “paixão, estado de emoção”, “em”, mais PATHOS, “sentimento”. Em outras palavras seria a habilidade que todos nós temos de nos colocar no lugar do outro. E este outro pode ser qualquer pessoa. Das que adoramos as que quase não temos afinidades.

E o convívio é um excelente exercício para isto.

Eu sempre morei em casa, aliás, na mesma casa por 31 anos. Só que a rua é uma ladeira que impedia brincarmos na porta e para ajudar ao meu redor quase não tinham crianças. Como resultado, brinquei muito pouco na minha infância, mas na adolescência conheci uma turma de meninos que jogavam vôlei na pracinha da rua debaixo e foi ai que comecei a construção desta palavra “convivência” em minha vida.

Só que nada se compara com a experiência de morar em prédio. Eu pensava que fosse sentir uma grande dificuldade quando mudasse, pois vivia numa casa bem maior. Não, minha casa não era uma mansão, mas o apartamento realmente é pequeno.

Quando mudei, vim sozinha. Minha cachorra ficou uma semana na antiga casa para que eu pudesse ajeitar o nosso espaço, o meu emocional e o dela físico.

Como o prédio era novo, muitas pessoas estavam mudando também, o que facilitou os assuntos: loja de decoração, móveis, marceneiro, eletrodomésticos, pintor, eletricista, como funcionam as coisas por aqui? E tudo mais…

Com o passar do tempo, percebi que estabeleci conexões fortes e empáticas. Muitos amigos me dizem que não sabem nem quem são seus vizinhos de frente, do apartamento ao lado o que foi uma surpresa para mim, já que conheço muita gente por aqui.

E a prática da empatia surge todos os dias, quando começo a ter convivência com aqueles que eu dizia apenas “bom dia” e que hoje sento e os ouço.

Ao olhar para alguém, ouça o que seu semblante quer dizer. Converse com os seus olhos. Sinta sua emoção. Haverá muito afeto a partir deste exercício. Pode apostar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website