Não pegue o que não é seu

Você está numa conversa quando alguém te agride, insulta ou de alguma forma te causa um grande mal estar, qual a sua reação?

Na maioria dos casos o que acontece é devolver a agressão: seja em silêncio retribuindo em pensamento toda a carga negativa, dizendo tudo o que queria e mais um pouco ou fisicamente partindo para a briga.

O que a gente não nota na hora é que a reação nos conduz a uma atitude completamente fora de propósito que acaba tirando o nosso equilíbrio. Fomos ensinados a não deixar barato, a dar o troco e mostrar que somos mais fortes do que o outro, como se este fosse o caminho do respeito. Só que não!

Se ao invés de reagirmos o insulto apenas recebermos esta mensagem e sentirmos ela em sua totalidade o objetivo do agressor se desfaz.

Quando separamos o causador das nossas dores da própria sensação e ficamos apenas com a mágoa sem dar nome a ela o sentimento transforma-se em energia e dissolve para o Universo.

É como enviar uma carta para alguém e não acertar o endereço. O que acontece com a correspondência? Volta para nós. E esta foi a explicação que eu recebi quando me contaram sobre esta técnica. Isto significa que se alguém nos mandar qualquer tipo de energia negativa através de insultos, calúnias ou agressões e a gente não aceitar ela volta pra quem originou aquela situação.

Igual mãe que nos ensina a não pegar nada que não seja nosso, sabe? É a mesma coisa, pois se pegarmos teremos consequências e se ignorarmos também. É uma questão de escolha.

Existem situações em que um puxão de orelha a nós faz todo o sentido, mas pode apostar que estas conversas não vem carregadas de sentimentos ruins, aparecem das pessoas mais queridas que nos dão aquele “puxão-de orelha-toque”. Agora os desentendimentos carregados de rancor são em sua maioria mais inseguranças de quem começou do que qualquer outra coisa e por isto não tem motivo e razão de fazer parte da nossa vida, do nosso contexto e, sendo assim, volta para o dono.

É um exercício diário como um “orai e vigiai”, mas que quando alcançado nos dão uma paz deliciosa.

Aprender a agir e não reagir é uma forma de liberdade e independência

E ai, encara o desafio?

#motivaçãotododia

#keilacaiani

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website