Sabotagem

Qual o seu talento?

Nos sentimos realizados de diversas formas: cada um sente de uma maneira, pois somos seres únicos. E sobre isto que escolhi falar – o nosso sentimento de pertencimento e realização. Quando utilizamos este termo automaticamente visualizamos figuras públicas que tiveram um impacto no mundo, os verdadeiros missionários, como Dalai Lama, Gandhi, Madre Tereza de Calcutá, […]

Liberdade ao ego

Tenho vivido emoções contrastantes em minha vida: de um lado algumas perdas e doenças de pessoas queridas, do outro minha ascensão pessoal e profissional. O meu coração segue a mesma batida. Fico dividida e tendo a me sentir culpada quando a parte da prosperidade e do sucesso estão comigo. Exemplifico: quando estou em reunião ou […]

O bom do mais ou menos

Quando menos percebemos estamos na estação do “mais ou menos”. Ela não diz que chegou, mas se instala rapidamente quando reparamos já está nos abraçando. E vem das mais variadas formas: é aquele emprego que não nos engrandece ou nos deixa infeliz. É um casamento sem rumo que vamos empurrando com a barriga. É aquele amigo espaçoso […]

Novas portas

Outro dia vi uma imagem que dizia assim: “toda saída é uma entrada para algum lugar”. Eu gostei tanto da frase que resolvi fazer este texto para falar sobre ela. Quantas vezes achamos que determinada situação não tem saída? Ou que nunca mais iremos superar uma queda, uma perda de emprego, uma separação, uma doença, […]

O que pode dar errado?

Quantas vezes, eu mesma, me boicotei encontrando desculpas das mais absurdas para não dar certo? Seja porque ainda não estava preparada para determinado desafio profissional ou não poderia arriscar algo incerto e fazer o que meu coração vibra porque estabilidade é melhor (mesmo que qualidade de vida e alegria sejam motivadores para qualquer um), seja […]

O tempo de cada um

Há algum tempo eu encontrei um antigo amigo numa palestra. Na hora percebi que ele estava um pouco sem graça, tímido, mas educadamente manteve a compostura e conversou comigo. Éramos “ermãos” (como ele me chamava), amigos de bar, de bate papo, de desabafos, de choros e momentos “deprê”. Era daqueles que apresentamos às amigas, que […]