Culpa

As resistência que criamos

Podemos ser rigorosos, intolerantes, inflexíveis ou em outras palavras, cabeças-duras na vida. Podemos achar que a existência se divide apenas em “certo e errado”. Classificando o mundo sob este aspecto e tachando indistintamente as pessoas nestas duas categorias. Assim como 2 + 2 são quatro. Mas diferente da matemática, a vida não é tão lógica ou […]

Um lado do medo

A culpa é um lado do medo. Porque se formos notar temos medo daquilo que não sabemos conduzir. Que não elaboramos. Do obscuro. E a culpa é algo que não sabemos administrar. É como se fosse alguém dizendo a todo instante o quanto falhamos, o quanto não somos bons o bastante, menos importantes, mas sempre […]

O que podemos sentir

Às vezes, quando os acontecimentos vem em efeito dominó numa quantidade considerável, acaba tumultuando o nosso pensar, fazendo com que ele (o pensamento) também fique confuso e misturado. São compromissos profissionais, questões pessoais, imprevistos que mexem em nossa caixa preta (guardada a sete chaves) e nos fazem repensar na vida como um todo. Acontece que […]

Das minhas dores…

Ficar com o meu pai em finais de semana alternados está pedindo de mim virtudes que me faltam…e cobranças que me sobram. Embora a doença (Alzheimer) cause sintomas como irritabilidade, agressividade e mais algumas coisas, ele não apresentou até o momento estas características de forma expressiva. Sorte a nossa. Sorte? Não sei se esta patologia […]

Calar ou falar?

Tem gente que fala tudo o que pensa, sem filtrar ou ponderar e diz que seu jeito é assim. Tem gente que não diz nada, nem quando dói, nem quando o fazem sorrir. Outros, preferem o ponderado, aquilo que é aceito pela maioria, nem muito e nem pouco… Como acertar a equação? Falar demais, falar […]

O tempo de cada um

Há algum tempo eu encontrei um antigo amigo numa palestra. Na hora percebi que ele estava um pouco sem graça, tímido, mas educadamente manteve a compostura e conversou comigo. Éramos “ermãos” (como ele me chamava), amigos de bar, de bate papo, de desabafos, de choros e momentos “deprê”. Era daqueles que apresentamos às amigas, que […]