A falta de dentro

Existe uma busca de perfeição guardada em cada um de nós. Uns levam esta história ao pé da letra e renunciam momentos prazerosos e leves por não estarem totalmente prontos. Outros, deixam seus sonhos e potenciais habilidades de lado por considerarem que ainda falta algo para ser bom…

“Falta algo…” sempre vai faltar algo e esta é a graça da coisa!

Sem motivação não temos estímulos para continuarmos a caminhada. Qual a emoção de ter absolutamente tudo o que queremos? Ok, acredito que vocês tenham uma lista vasta para dizer que seria bom, mas e a conquista? O passo a passo? E a alegria de comemorar uma nova etapa que conseguimos? E a evolução como fica?

Mas não, ficamos numa eterna condicional: “- quando eu comprar aquela casa”, “- quando eu me casar”, “- quando eu for promovida”, “- depois que eu emagrecer…” quando estas e muitas outras opções acontecerem eu serei feliz.

Será mesmo? Será que a nossa alegria e felicidade estão condicionadas a termos algo que nos falta? Ou isto tem a ver com o tanto de medo que temos em arriscar e fracassarmos? “O fracasso é o feedback do sucesso” como diz um médico homeopata. Será que a questão tem mais a ver com o contentamento que temos (ou não) sobre nós? Será que nos falta coragem?

O que nos falta está dentro e não fora.

E isso não é ruim, porque quando entendemos que a nossa incompletude tem a ver com questões internas começamos um trabalho lindo de autoconhecimento. E isso é nos abraçar como o nosso melhor amigo nos abraça. Isso é acolher o nosso coração como aqueles que nos amam nos acolhe. Isso é amadurecer.

Ficar aguardando o momento em que teremos algo é esquecer que o hoje é muito importante para o amanhã. E que, com certeza, se não vivermos este instante presente em sua totalidade o futuro será mais distante dos nossos objetivos.

Vamos fazer o agora nosso melhor momento?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*
Website